Tag: UHE

Notícias

INTERTECHNE PARTICIPA DE PROJETO DE BARRAGEM NA REPÚBLICA DOMINICANA

A Barragem de Montegrande, empreendimento do Instituto Nacional de Recursos Hídricos (INDRHI), que está sendo construída no Rio Yaque del Sur, na província de Barahona – República Dominicana, é mais um novo desafio para Intertechne Consultores. Contratada pela Construtora Andrade Gutierrez, a Intertechne responde pelo Projeto Básico Otimizado e também pelo Projeto Executivo de todas as estruturas que compõem o aproveitamento múltiplo de Montegrande, o que engloba barragem, vertedouro, descarregador de fundo, casa de válvulas e vertedouro de emergência.

Montegrande foi pensada com o objetivo de prevenir inundações, movimentar o ecoturismo e garantir o abastecimento de água em uma região que, além de ser uma das mais carentes da República Dominicana, também tem um forte potencial agrícola. Além disso, o projeto tem previsão para futuramente gerar energia elétrica (capacidade instalada de 18MW). Sua barragem possui uma extensão total de 2165 m de comprimento e 55 m de altura máxima, com capacidade de represamento de 389 milhões de metros cúbicos de água. A construção teve início em fevereiro de 2018 e a revisão de entrega é para abril de 2021. Segundo Mônica Carvalho, gerente responsável por Montegrande, este projeto é muito desafiador, tendo em vista as características da região.

“O principal desafio é seguramente o projeto da barragem de núcleo de asfalto com plinto apoiado em parede diafragma. Hoje, no mundo, só existem duas barragens com características semelhantes a esta. Além disso, a condição geológica da fundação da barragem de Montegrande, composta por aluvião arenoso, rochas brandas e situada em região de alta sismicidade, faz do projeto um desafio único”.

A barragem também conta com um sistema de emergência, caso ocorram inundações inesperadas. “Uma outra estrutura interessante que está sendo projetada em Montegrande é um vertedouro de emergência, tipo dique fusível, que rompe na ocorrência de cheias excepcionais, extrapolando a capacidade dos dispositivos de descarga previstos (descarregador de fundo e vertedouro)”, ressalta Mônica.

‘’Poder participar da implantação desta solução em barragem, até então inédita para a Intertechne, e acompanhar o seu comportamento durante e após o enchimento do reservatório, sem dúvida nenhuma é um grande privilégio para a nossa equipe. Sem dúvida nenhuma também, esse projeto irá enriquecer o nosso know-how em projetos de alta complexidade no segmento de Água e Energia”, finaliza Mônica.

UHE Ilha Solteira
Notícias

INTERTECHNE REALIZA PROJETOS DE MODERNIZAÇÃO DAS UHE’s ILHA SOLTEIRA E JUPIÁ

A Intertechne, empresa de engenharia consultiva, em colaboração com a CTG Brasil – China Three Gorges Corporation (dona da concessão das usinas), GE e SEPCO-1, é responsável pelo maior projeto de modernização de hidrelétricas do país, nas UHE’s de Ilha Solteira e Jupiá. 

Inauguradas no final dos anos 60 e início dos anos 70, as UHE’s de Jupiá com potência instalada de 1.551 MW e Ilha Solteira com potência instalada de 3.444 MW, ambas localizadas no Rio Paraná, estão passando por reformas e trocas de equipamentos, em função do seu tempo de operação. Segundo Paulo Akashi, diretor de desenvolvimento de negócios da Intertechne, o objetivo do projeto de modernização é trazer mais eficiência na produção de energia. As atividades no chamado Lote 2 iniciaram-se em maio de 2018.

”Estamos desenvolvendo todo o projeto de Instalações Elétricas, Sistemas de Incêndio por Hidrantes, Sistema de Proteção, Hidromecânicos, assim como toda a integração, interface física e interligações elétricas das unidades geradoras e serviços auxiliares eletromecânicos pertencente ao Lote 2 deste plano de modernização. Também podemos destacar os serviços de Assistência em Campo para ambas as usinas e todo o trabalho de gerenciamento de materiais (cabos, vias para cabos, iluminação) até o projeto de conexão no equipamento final. Mais de 200 km de cabos”, ressalta Paulo.

Uma obra com este tamanho e complexidade, apresenta vários desafios, dentre os quais: não interromper a operação das unidades geradoras, ou minimizar o tempo de parada das unidades geradoras em modernização e integrar empresas de diferentes países e culturas. ”Capturar a realidade numa obra, em operação por 40 anos, para integração com os novos projetos e ainda cumprir os requisitos de segurança para trabalhar em uma obra que está operando a todo vapor não é uma tarefa fácil”, ressalta José Pinheiro, diretor de água e energia da Intertechne. Ainda de acordo com Pinheiro, este projeto contribuiu para que a Intertechne pudesse explorar ainda mais as oportunidades ligadas a modernização de usinas.  

Todos os direitos reservados Intertechne Consultores 2020 e Desenvolvido por Manalais